Escolha como você quer se comunicar conosco:

Blog Master Imóveis

Imobiliária em Passo Fundo

5 dicas para você não cair em armadilhas na hora de comprar um apartamento usado

5 dicas para voc no cair em armadilhas na hora de comprar um apartamento usadoDocumentação, visitação presencial ou online, checagem de regras do condomínio e conhecer a vizinhança são algumas orientações importantes para você não ter dor de cabeça no futuro

A compra de um apartamento usado possui várias vantagens não disponíveis em muitos dos imóveis novos. Uma das principais é o valor, geralmente abaixo de um similar recém edificado. Além disso, é muito mais fácil encontrar um apartamento usado que seja grande o suficiente para sua família e para atender todas as suas necessidades.

Ainda, apartamentos usados, em sua maioria, possuem uma localização mais estruturada, com vizinhança já consolidada e que atenda as suas expectativas, diferente de projetos em que esses conceitos ainda estão em desenvolvimento.

Mas, a ânsia por fechar um bom negócio rapidamente (bons imóveis se esgotam rápido) pode esconder algumas armadilhas ou problemas que poderão causar alguns transtornos no futuro ou até prejudicar o sonho do imóvel tão desejado. Para evitar isso, confira algumas dicas importantes que elencamos para você ficar atento na hora de comprar um imóvel usado.

1 – Procure um profissional para lhe auxiliar – seja um corretor de imóveis ou até alguém que tenha conhecimento na análise estrutural de imóveis, não importa, mas não deixe de contatar um profissional no processo de escolha de um imóvel. No caso do corretor, ele irá lhe auxiliar escolhendo os imóveis que se enquadrem dentro do seu perfil e do que você busca, economizando seu tempo e trazendo as melhores opções. Já no caso do profissional para análise estrutural, ele vai conseguir identificar possíveis problemas estruturais no imóvel que estejam escondidos, mas que podem causar grandes transtornos futuros.

2 – Visite o imóvel e faça testes – evitar se deparar com problemas após o negócio fechado é o principal objetivo da visita ao imóvel. Por ser usado, há chances de alguns problemas existirem, por isso é importante ficar atento. Caso você não tenha disponibilidade ou não possa fazer a visita presencial, conte com o apoio de profissionais ou uma pessoa de confiança. Além disso, as melhores imobiliárias contam com tecnologias online que garantem uma enorme imersão e, consequentemente, mais possibilidades de vistoriar o apartamento à distância. Se possível, também busque visitar (ou pedir para seu corretor mostrar) o local em diferentes momentos do dia, para analisar a incidência do sol. Também, teste ou peça para o profissional que está lhe mostrando o imóvel testar portas, janelas e quais manobras são necessárias para estacionar na vaga de garagem. Isso evita muita dor de cabeça futura.

3 – Conheça a vizinhança – ponto tão importante quanto a própria escolha do imóvel é conhecer a vizinhança. Isso não significa saber quem serão seus vizinhos de porta, mas sim, o que está localizado no bairro e nos arredores do condomínio. Para isso, faça mais de uma visita, incluindo em períodos noturnos. Ou então, utilize da internet para visualizar o local, pesquise por notícias usando na barra de buscas o bairro ou a rua do imóvel pretendido e veja através de aplicativos como é o tráfego naquele local em diferentes momentos do dia. Também, fale com pessoas que eventualmente você conheça que moram nas redondezas e utilize os guias de bairros que imobiliárias ou profissionais possam oferecer, como o da Master Imóveis.

4 – Leia o regulamento do condomínio – antes de fechar o negócio procure ler o regulamento do condomínio para evitar surpresas, como cobranças não previstas ou regras que possam interferir nos seus planos ou na sua qualidade de vida, como por exemplo, a permissão ou não de possuir animais de estimação. Também, teste e visualize com mais detalhamento os espaços de uso comum. Além disso, não esqueça de visualizar um boleto do condomínio. Nele, você conseguirá verificar todas as cobranças feitas regularmente e prever gastos que possam estar fora do seu orçamento.

5 – Confira a documentação – pode parecer algo simples e até óbvio, mas nunca é demais destinar um tempo para analisar a documentação do imóvel, do vendedor e também do profissional ou empresa que está lhe oferecendo o imóvel. Além da documentação, busque o retrospecto dessas pessoas e instituições. Afinal, precaução nunca é demais, ainda mais em se tratando da realização de um sonho. Mas, caso você não dispunha desse tempo, confie o trabalho a um profissional capacitado para tal e de sua confiança.
 




Usamos cookies para personalizar e melhorar a sua experiência. Ao navegar neste site, você concorda com a nossaPolítica de Privacidade