Escolha como você quer se comunicar conosco:

Blog Master Imóveis

Imobiliária em Passo Fundo

Momento positivo para investimento em imóveis

Momento positivo para investimento em imveis Taxa de juros baixa, condições especiais para financiamentos, baixa inflação e uso de variadas tecnologias pelas imobiliárias, deixam mercado otimista e abrem muitas oportunidades para aqueles que queiram comprar apartamento ou casa

Considerado um setor que transmite estabilidade, o ramo imobiliário é um dos poucos em que os negócios seguem acontecendo neste momento de pandemia. Inclusive, muitos analistas e investidores apontam que este é um bom momento para efetuar a compra de imóveis ou realizar alguma negociação que envolva o aluguel de imóvel.

“Uma das fortalezas que temos no Brasil é que, geralmente, as pessoas carregam imóveis como forma de proteção para as crises, porque nós nascemos em crises e a cada poucos anos nós estamos passando por uma crise”, analisa o Founder e Head of Business da LOFT Brasil, João Vianna.

Por serem considerados investimentos seguros e que se mantém, no geral, à margem das crises que rotineiramente afetam o país, casas, apartamentos, salas ou demais espaços imobiliários são uma boa aposta.

Momento oferece vantagens na negociação de preços e condições
Outro fator importante que contribui para um cenário otimista no mercado imobiliário são as baixas da taxa Selic, reduzida para 3%; dos juros, implementado por diversas instituições bancárias; da inflação; e as condições especiais que as próprias instituições financeiras e até empresas do ramo imobiliário estão ofertando. Por isso, uma dica para este momento é buscar a negociação.

Aliado a isso, culturalmente o brasileiro tem o sonho de ter a casa própria, e devido a esse desejo, surge outro fator que deixa o setor otimista, já que esse público também pode aproveitar as condições especiais de preços e vantagens, mesmo que as reservas financeiras sejam relativamente baixas.

Mercado já aquecido não parou
Na outra ponta da cadeia, a da oferta de imóveis, o ano de 2020 começou de forma acelerada. Números da Associação Brasileira de Incorporadoras Imobiliárias (Abrainc), apontam que o crescimento na entrega de imóveis e na venda deles nos dois primeiros meses deste ano registraram altas de 35% e 26%, respectivamente, quando comparados com o mesmo período de 2019.

Exemplo disso está na Vitacon, uma das maiores empresas do país quando o assunto é apartamentos compactos, que comercializou mais da metade dos imóveis disponíveis no seu mais ambicioso projeto, lançado em meio a pandemia. Foram vendidos de forma totalmente online mais de 300 apartamentos no mês de abril, dos 630 disponíveis no megaempreendimento.

Por isso, podemos constatar que, apesar da Covid-19 ter freado um pouco o crescimento, a construção civil não paralisou por completo. Desta forma, a oferta de imóveis segue um ritmo bom e as condições e preços diferenciados que estão postos no mercado, fazem com que a realidade do setor imobiliário se destoe dos demais.

Além disso, empresários do setor apostam em uma retomada da economia brasileira mais voltada ao que o mercado chama de crescimento em “V”, ou seja, após uma rápida queda, a economia possui uma rápida retomada.

Essas condições aliadas a tecnologias adotadas por empresas do setor, como a possibilidade de alugar ou comprar um imóvel sem sair de casa, implantada pela Master Imóveis, deixam um cenário otimista e com ótimas oportunidades a serem aproveitadas, seja nas capitais ou em cidades de médio porte como Passo Fundo.
 




Usamos cookies para personalizar e melhorar a sua experiência. Ao navegar neste site, você concorda com a nossaPolítica de Privacidade