Guia de Bairros

Passo Fundo » Centro

Centro

Coração que pulsa!

Caminhando por minhas ruas, você pode sentir o cheiro do pão fresquinho e do café recém passado...
Aqui, você encontra uma vila gastronômica que me enche os olhos e de dar água na boca.
Tenho escolas e faculdades para construir o seu futuro. Shopping center e espaços para a diversão de toda a sua família. Ciclovia, praças e parques que inspiram energia, como a minha Gare.
Ah! Quanta história passaram por estes trilhos... Aqui começou este meu Passo Fundo.
Também sou espaço de ideias e mudanças.
Sou impulso. Sou vida que pulsa estre tantos prédios comerciais que aqui se encontram.
Mas também, paro e me recolho, também sou paz.
E é nesta paz que hoje me recolho, que me recordo de 23 de agosto de 1834, quando foi inaugurada no local, onde hoje existe a catedral, a minha primeira capela.
O que dizer da praça Marechal Floriano, conhecida como Praça da Cuia, no “coração” da minha linda Passo Fundo? A cuia foi doada ao município em 7 de agosto de 1957, pelo governador de São Paulo, como presente pela passagem do centenário da cidade. Este monumento mostra uma das maiores tradições gaúchas, o chimarrão, que representa a cordialidade e a intimidade entre as pessoas. A hospitalidade é um valor constante da vida do gaúcho e o chimarrão é um agregador, que reúne e harmoniza através do ritual do mate o relacionamento entre as pessoas. Ao se formar uma roda de chimarrão, todas as pessoas se tornam amigas, já que o mate é servido numa só cuia, que passa de mão em mão.
É muita história! Histórias transmitidas de geração para geração, que me enche de orgulho!
Histórias que cruzam as minhas ruas e em mim, cabem todas as pessoas.
Também cabe você.


Mapa do Bairro

Imóveis nas próximidades do bairro Centro.


Encontre no bairro

Conheça alguns pontos relevantes do bairro.


Clique Aqui

Praça da Cuia

A Cuia, localizada na Praça Marechal Floriano, no “coração” da cidade, foi doada ao Município em 7 de agosto de 1957 pelo governador de São Paulo, como presente pela passagem do centenário da cidade. Este monumento mostra uma das maiores tradições gaúchas, o chimarrão, que representa a cordialidade e a intimidade entre as pessoas. A hospitalidade é um valor constante da vida do gaúcho e o chimarrão é um agregador, que reúne e harmoniza através do ritual do mate o relacionamento entre as pessoas. Ao se formar uma roda de chimarrão, todas as pessoas se tornam amigas, já que o mate é servido numa só cuia, que passa de mão em mão. O mate é tomado em uma cuia preenchida com erva-mate, onde se coloca uma bomba e acrescenta-se água quente. A cuia é feita de porongo e a bomba do mate, por onde se sorve o chimarrão, é de metal (normalmente de prata).

Catedral de Nossa Senhora Aparecida

Em 23 de agosto de 1834, foi inaugurada no local onde hoje existe a catedral uma capela. O Cabo Manoel José das Neves fez uma doação de mais de meia légua quadrada para a Santa Padroeira. A capela foi construída no topo de uma coxilha. Uma nova igreja no mesmo local foi construída em 10 de setembro de 1949, onde a cidade teve a benção de sua Catedral realizada por D. Antônio Reis, Bispo de Santa Maria. A catedral foi ampliada em 1955 e a fachada da mesma é em estilo romano, contendo painéis artísticos de Aristarch Kaszkurewig.

Clique Aqui

Clique Aqui

Praça do Teixeirinha

Praça situada na Avenida Brasil Leste, entre a Rua 15 de Novembro e a Avenida 7 de Setembro, contendo uma escultura feita com sucatas e metais diversos pelo artista plástico Paulo Siqueira. O monumento representa o grande cancioneiro Vitor Matheus Teixeira, o Teixeirinha, que levou o nome da cidade além das fronteiras através da música Gaúcho de Passo Fundo.