A MASTER IMÓVEIS

Venha conhecer nossa imobiliária e faça um ótimo investimento

Conheça Nossos pontos Turísticos

Passo Fundo é um município localizado no Norte do Rio Grande do Sul. Considerada a "Capital do Planalto Médio", é uma das maiores cidades do estado. Hoje com mais de 200 mil habitantes, tem sua economia baseada na indústria da construção civil, na agricultura, no comércio e na prestação de serviços, merecendo destaque as áreas da educação e da saúde, conhecidas nacionalmente.
tour
Clique Aqui
1_10_35_1431_031018.jpg

Catedral de Nossa Senhora Aparecida

Em 23 de agosto de 1834, foi inaugurada no local onde hoje existe a catedral uma capela. O Cabo Manoel José das Neves fez uma doação de mais de meia légua quadrada para a Santa Padroeira. A capela foi construída no topo de uma coxilha. Uma nova igreja no mesmo local foi construída em 10 de setembro de 1949, onde a cidade teve a benção de sua Catedral realizada por D. Antônio Reis, Bispo de Santa Maria. A catedral foi ampliada em 1955 e a fachada da mesma é em estilo romano, contendo painéis artísticos de Aristarch Kaszkurewig. 

A Cuia

A Cuia, localizada na Praça Marechal Floriano, no “coração” da cidade, foi doada ao Município em 7 de agosto de 1957 pelo governador de São Paulo, como presente pela passagem do centenário da cidade. Este monumento mostra uma das maiores tradições gaúchas, o chimarrão, que representa a cordialidade e a intimidade entre as pessoas. A hospitalidade é um valor constante da vida do gaúcho e o chimarrão é um agregador, que reúne e harmoniza através do ritual do mate o relacionamento entre as pessoas. Ao se formar uma roda de chimarrão, todas as pessoas se tornam amigas, já que o mate é servido numa só cuia, que passa de mão em mão. O mate é tomado em uma cuia preenchida com erva-mate, onde se coloca uma bomba e acrescenta-se água quente. A cuia é feita de porongo e a bomba do mate, por onde se sorve o chimarrão, é de metal (normalmente de prata).
tour
Clique Aqui
1_10_36_1433_031018.jpg
tour
Clique Aqui
1_10_37_1434_031018.jpg

Parque Banhado da Vergueiro

Espaço de referência na cidade, o Banhado da Vergueiro foi transformado pela Prefeitura de Passo Fundo em parque ambiental, num projeto que prioriza o cuidado com o meio ambiente e traz o conceito de conviver em harmonia com a natureza. Aberto à comunidade em julho de 2016, o que antes era uma área abandonada passou a ser um espaço de preservação e contato com um dos ecossistemas mais ricos em termos de biodiversidade: o banhado. O Banhado da Vergueiro abriga diversas espécies típicas da região: mamíferos, como o ratão-do-banhado e a preá; pássaros, como o sabiá, o canário, o joão-de-barro e o tico-tico; vegetais, como a aroeira, a canela-guaiacá, o aguapé e o butiazeiro.

Chafariz da Mãe Preta

Construído em terra doada pelo Capitão Manoel José das Neves, o chafariz servia inicialmente para abastecer a vila de Passo Fundo. Nele, há um painel contando a lenda da Mãe Preta. De acordo com a lenda, quem beber da água da fonte retornará a Passo Fundo. O chafariz está situado na esquina da Rua Uruguai com a Rua 10 de abril, junto de um grande centro médico. A escultura foi feita por Paulo e Lucienne Ruchel, em 1964. Na placa existente ao pé do monumento, consta o pensamento de Lucila Ronchi: ‘Meu filho! Contemplo a amplidão do mundo por onde vais caminhar, porém meu amor profundo, sempre há de te acompanhar”
 
tour
Clique Aqui
1_10_38_1435_031018.jpg
tour
Clique Aqui
1_10_48_1120_061018.jpg

Parque da Gare

A Gare tem expressiva contribuição para Passo Fundo. O transporte ferroviário passou a conectar Passo Fundo a São Paulo e outras cidades, fomentando a economia e também o desenvolvimento social e cultural da cidade. O conjunto arquitetônico que forma o Parque da Gare relembra o antigo local que abrigava a estação ferroviária, tendo como um dos principais atrativos o "Monumento ao Homem Voador". Hoje, o parque conta com espaços alternativos de lazer, prática esportiva, exposições de natureza cultural e artística, área de lazer infantil e também serve de palco para diversos eventos e feiras. Localiza-se na região central da cidade, com acesso pela Avenida 7 de Setembro.
 

Praça Tamandaré

A praça está defronte à Igreja Matriz Nossa Senhora da Conceição e faz frente para as ruas Paissandu, Uruguai, Teixeira Soares e Marcelino Ramos, junto do Hospital São Vicente de Paulo. Considerada como o berço da cidade, a região abrigou o primeiro morador branco da localidade - o Cabo Neves. Emoldurada por belíssimos plátanos, é uma das praças mais bonitas da cidade, com diferentes cores e tonalidades a cada estação do ano. Conta com espaços para descanso, caminhadas e parquinhos para crianças. No seu centro, há um belo monumento homenageando o Coronel Gervásio Annes, que foi intendente (prefeito) do município.
 
tour
Clique Aqui
1_10_49_1120_061018.jpg
tour
Clique Aqui
1_10_50_1120_061018.jpg

Praça do Teixeirinha

Pracinha situada na Avenida Brasil Leste, entre a Rua 15 de Novembro e a Avenida 7 de Setembro, contendo uma escultura feita com sucatas e metais diversos pelo artista plástico Paulo Siqueira. O monumento representa o grande cancioneiro Vitor Matheus Teixeira, o Teixeirinha, que levou o nome da cidade além das fronteiras através da música ‘Gaúcho de Passo Fundo’.
 

Praça Prof. Ernesto Tochetto

Localizada em frente ao tradicional Colégio Protásio Alves, na Avenida Brasil Leste, entre as ruas Fagundes dos Reis e Benjamin Constant, a praça em forma de uma sala de aula é uma homenagem ao emérito educador Ernesto Tochetto. As classes estão representadas sobre o canteiro e ao fundo está o quadro negro - único recurso da sua época. O busto do professor repousa sobre um pedestal diante do quadro.
 
tour
Clique Aqui
1_10_51_1120_061018.jpg
tour
Clique Aqui
1_10_58_1743_231018.JPG

Teatro Municipal Múcio de Castro

O Teatro Múcio de Castro está localizado ao lado do Museu de Artes Visuais Ruth Schneider e do Museu Histórico Regional – antiga Intendência Municipal – e ao lado da Academia Passo-Fundense de Letras, construídos na atual Avenida Brasil Leste. O teatro tem capacidade para cerca de 200 pessoas e é palco para peças teatrais, exposições, e diversas modalidades de atividades culturais.

Museu Histórico Regional (MHR) e Museu Artes Visuais Ruth Schneider (MAVRS)

Juntamente com o Teatro Múcio de Castro, o Museu de Artes Visuais Ruth Schneider e o Museu Histórico Regional são considerados o principal conjunto arquitetônico de valor histórico de Passo Fundo. O MHR agrega um belíssimo acervo na área antropológica, indígena, tecnológica, documental, fotográfica, além de outros setores que registram o cotidiano da comunidade. Já o MAVRS é mais abrangente, pois além de possuir a maior produção da artista que lhe dá o nome, abriga, através de doações, a visão da arte contemporânea do Rio Grande do Sul, contendo em seu acervo nomes respeitáveis e significativos da trajetória artística do nosso estado. Pelo trabalho desenvolvido por estas entidades, o MHR e o MAVRS estão entre os quatro principais museus do interior do Estado.
tour
Clique Aqui
1_10_62_1753_231018.JPG
tour
Clique Aqui
1_10_63_1357_241018.jpg

Catedral Nossa Senhora da Conceição

Em 23 de agosto de 1834, foi inaugurada a capela que deu origem à Catedral Nossa Senhora da Conceição. A capela foi construída no topo de uma coxilha e, em 10 de setembro de 1949, uma catedral foi erguida no mesmo lugar, recebendo a benção de Dom Antônio Reis, bispo de Santa Maria. A catedral foi ampliada em 1955 e sua fachada é em estilo romano, contendo painéis artísticos de Aristarch Kaszkurewig. A Catedral Nossa Senhora da Conceição fica em frente à Praça Tamandaré, que fronteia com as ruas Paissandu, Uruguai, Teixeira Soares e Marcelino Ramos, estando bem próxima do Hospital São Vicente de Paulo.

Praça Antonino Xavier

A Praça Antonino Xavier e Oliveira, também conhecida como “praça do hospital da cidade” - por estar defronte ao Hospital de Clínicas de Passo Fundo -, é um local arborizado, com locais para descanso, caminhadas e lazer. Faz frente para as ruas Paissandu, Uruguai, Saldanha Marinho e Tiradentes. Instalados no local, o Monumento da Letra Gigante e Tuneis da Literatura exaltam a literatura brasileira. A praça também abriga um quiosque de leitura, construído em forma de livro em homenagem ao escritor-mirim passo-fundense Roberto Pirovano Zanatta. A praça oferece à comunidade atividades culturais, acervo multimídia e inclusão digital.
 
tour
Clique Aqui
1_10_65_1713_241018.jpg
tour
Clique Aqui
1_10_67_1436_160419.jpg

Praça Capitão Jovino / Praça Santa Terezinha

Popularmente conhecida como praça da Santa Terezinha, por ser em frente à igreja do mesmo nome, a praça é um local arborizado, contendo espaços para passeio, parquinho para crianças, academia ao ar livre e estação de bicicletas compartilhadas. Nela também estão instalados o Monumento da Letra Gigante e Tuneis da Literatura, que fazem referência à literatura universal. Próxima das Faculdades IMED e da Avenida Presidente Vargas, a praça faz frente para as ruas Coronel Pelegrini, Senador Pinheiro, General Prestes Guimarães e Carlos Gomes.
 


Usamos cookies para personalizar e melhorar a sua experiência. Ao navegar neste site, você concorda com a nossaPolítica de Privacidade